Skip to content

Parque de Capim Macio

Em amarelo, área do Parque de Capim Macio

Uma experiência de cuidar está despertando em Natal. O cenário é o Parque de Capim Macio, último refúgio de árvores nativas e frutíferas no coração do bairro de Capim Macio.

A história do Parque começa com motoserras e abraços, tensão e lágrimas. Por decisão da Justiça, as árvores foram então preservadas. Ou quase. Recentemente, um novo incêndio queimou uma dúzia de árvores nativas.

A decisão da Justiça foi endereçada à Prefeitura de Natal, e urge o governo a preservar as árvores e dotar o local com facilidades de uma praça. Diante da proposta de projeto da Prefeitura, gente da comunidade de Capim Macio apresentou um desenho alternativo para a construção das facilidades.

Essas pessoas defendem que o desenho do Parque de Capim Macio equacione as facilidades da praça, da educação (incluindo contemplação), da cultura e da artes, científicas e arteiras, tornando-se um pólo de inovação social. Aqui um resumo (.pdf) desse projeto.  Também disponível: um rascunho (.pdf) para o projeto educativo – ambos oferecidos ao município.

O que está em jogo, de certa forma, é qual das facilidades queremos em nossos bairros e cidades. Quais delas estão em sintonia com o mundo e como podem ser construídas a partir de quais valores e métodos. E por que deveriam ser construídas? Para servir ao que, ou a quem? Então, o debate em torno do Parque de Capim Macio é uma inesperada experiência de parto do que é possivel fazer nas cidades em favor da qualidade das condições de vida das pessoas.

One Comment
  1. Gustavo_Paterno permalink

    Uau B;; arrasou irmão.. ficou lindo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: